Dax

Sirvo para melhorar a minha tribo.

Iniciei o projeto da Florestinha do Vale Verde em 2017 com intenção de vivenciar uma jornada de aprendizado sobre como é, para gente como nós que viemos da cidade, mudar para a zona rural e aprender a viver de agrofloresta.

Michy

Estou nesta jornada da Florestinha do Vale Verde desde o início.

Aqui descobri que tenho algumas habilidades muito legais para praticar agricultura! Eu experimento os processos e os aprimoro.

Estou fazendo de tudo um pouco na Florestinha, com ênfase nos plantios e colheitas, e também estou colaborando no desenvolvimento da nossa grife de produtos artesanais, Chuveirinho by Jane.

Alana Archer

Jornalista por formação, poeta por inspiração e agrofloresteira por missão. Busco no contato com a terra o resgate dos saberes primordiais que sustentam a harmonia que rege a trama da vida. Nesse contexto, a Florestinha tem se mostrado uma escola sobre o poder da ação consciente e coletiva, a urgência dos processos sensíveis e regenerativos e a magia abundante que nos permeia.

Oshi

Eu sou Oshi.

Gabriela Mattos

Carioca da gema apaixonada pelo cerrado. Encontrei na Florestinha a oportunidade de contribuir com o coletivo na missão mais urgente da vez: cuidar da nossa Casa!
Troquei a metrópole pela Chapada, após me formar como produtora cultural, porque acredito e presencio o potencial latente da Florestinha. Nosso projeto é verdadeiro laboratório de conexão e respeito pelo planeta e por nós mesmxs! Trabalhar com cultura é também trabalhar com agricultura, e na cooperação com a Terra, os bens comuns e a comunidade vou agroflorestando e agroflorescendo.