Nosso serviço de entrega é exclusivo para moradores da cidade de Alto Paraíso de Goiás (entrega de segunda a sábado) No momento não entregamos em outras localidades. Recebemos o pedido até as 18h para entregar no dia seguinte pela manhã. Dismiss

Florestinha do Vale Verde Agrofloresta SAF Módulo 4

Plantio do módulo 25 iniciado!

Realizamos o plantio da linha de árvore do módulo 25 no dia 21 de novembro de 2018 semeando a primeira (e única?) figueira da nossa agrofloresta! Isto em si já é um experimento: manejar uma Figueira semeada em uma área próxima a pomar agroflorestal com cítricos. O módulo está pronto para plantio. Estamos aguardando uma pequena estiagem para plantar as hortaliças. Linha de árvore A linha de árvore do módulo 25 ficou com as seguintes plantas: Banana prata com 3,5m de espaçamento; Eucalyptus globulus com 1,75m de espaçamento, entre as bananeiras; Frutíferas na posição central entre os eucaliptos: 1 Figueira – a primeira árvore frutífera deste canteiro, além das bananas é claro, é esta figueira acima; 5 Tangerinas – nos outros 5 espaços do canteiro planejados para receber frutíferas. Observação O plantio das árvores afetou a cobertura do solo. Será necessário adicionar mais capim triturado neste e em todos...

Continue reading
Agrofloresta Plantio Módulo 47 Florestinha do Vale Verde

Módulo 03 preparado para plantio inicial

Hoje não pudemos plantar devido à chuva constante então aproveito para compartilhar um pouco mais da jornada. Preparo do solo Iniciamos a implantação no dia 21 de novembro de 2018, quando rocei a área para eliminar o excesso de vegetação expontânea que rebrotou após a roçagem e aragem do espaço e orientei o senhor Nildo para realizar os procedimentos de preparação das linhas para o plantio conforme fizemos juntos anteriormente na preparação do módulo 25: afofar a terra, integrar adubação e cobrir o solo. O senhor Nildo concluiu a preparação dos 4 canteiros no dia 23. Clique na imagem a seguir para verificar os procedimentos realizados. Plantio Estamos no momento planejando o plantio das seguintes espécies. Linha de árvore Na linha de árvore realizaremos o plantio das seguintes espécies: Banana Prata Anã com 3,5 metros de espaçamento; Eucalyptus grandis com 1,75 metros de espaçamento, entre as bananeiras; Lichia com...

Continue reading

Módulo 04

Florestinha do Vale Verde - Módulo 4 Este módulo agroflorestal teve um papel importante na execução do nosso projeto de manejo agroflorestal para 2018, pois nos serviu como laboratório para revisarmos nossa metodologia de trabalho para incorporar as lições aprendidas no primeiro ano e integrar o tratorito ao nosso processo de preparo da terra, que antes executávamos com enxadões. Siga este link para ver um mapa com todos os módulos agroflorestais que compõem o nosso SAF: Sistema Agroflorestal da Florestinha do Vale Verde 1 Preparo do solo Iniciamos as atividades de preparo do solo para implantação deste módulo no dia 29 de outubro de 2018 seguindo as instruções documentadas neste post: Preparando canteiro para hortaliças em manejo agroflorestal 1 29 de outubro de 201831 de outubro de 201831 de outubro de 20184 de novembro de 20188 de novembro de 20188 de novembro de 201813 de novembro de 201813 de...

Continue reading
Agrofloresta Moto-cultivador Buffalo BFG 890 Tratorito Dax

Preparando canteiro para hortaliças em manejo agroflorestal

Conforme planejado em nosso projeto de manejo agroflorestal preparamos uma área de 500 metros quadrados para receber 4 novos módulos agroflorestais, correspondendo aos módulos 22, 23, 24 e 25 esquematizados no mapa do nosso SAF. Cada módulo contém 4 canteiros com 25 metros de comprimento e 80 centímetros de largura. Portanto nestes 500m2 implantaremos 16 novos canteiros. A seguir descrevo como estamos preparando nossos canteiros que receberão hortaliças. Adubação Estamos administrando os seguintes insumos para adubação: pó de rocha (250 gramas por metro quadrado g/m2), calcário (250g/m2), carvão moído (2 metros cúbicos m3) e esterco de frango (3m3), 6 sacos de 40kg de Yoorin Master. O esterco de frango é adicionado em dois momentos: 1,5m3 juntamente com os outros insumos antes de misturar com o tratorito e 1,5m3 no final, antes de cobrir o solo, para que o mesmo fique disponível para as hortaliças. Cobertura do Solo Trituramos a...

Continue reading
Manejo Agroflorestal Cobertura do Solo Capim Triturado

Como ficou a cobertura do solo

Cobrimos todo o solo com capim andropogon triturado. O resultado foi muito bom! Por mais Sol e calor que fizesse durante o dia dava para verificar com a mão embaixo da palha que a terra estava sempre úmida. Lições aprendidas Já nas primeiras semanas percebi que uns 30% a mais de cobertura teriam entrado bem. Poderia ter triturado mais uma vez para deixar a palha mais delicada e confortável para as pequeninas hortaliças. Os canteiros, principalmente os três primeiros, também ficaram altos. Então em alguns lugares a cobertura caiu das laterais expondo a terra ao Sol e à chuva e abrindo caminho para a vegetação expontânea. Brotou bastante capim andropogon, braquiarinha e margaridão, entre outros colegas que ainda não conhecia, em todas as falhas que surgiram na cobertura. Isto nos está demandando esforço diário de capina seletiva! Procuro conversar com eles ao arrancá-los (manejá-los). Digo mentalmente ao capim: Querido....

Continue reading
Agrofloresta Implantação Inicial SAF Florestinha do Vale Verde Outubro-2017

Iniciando Agrofloresta

Iniciando agrofloresta Continuando na experimentação de usar a mente racional primariamente para compartilhar o aprendizado desta jornada de transição de um modo de vida essencialmente urbano para experienciar a simplicidade da vida em conexão com a natureza. Cresceu aqui dentro a intenção de “recuperar” a intimidade com o organismo Terra e isto me remeteu à agricultura sintrópica. Este conjunto de práticas de manejo se fundamenta na dinâmica da vida na floresta. Seu uso proporciona melhoria na estruturação do solo ano após ano, tornando desnecessária a adubação com material externo no longo prazo. O sistema de manejo agroflorestal já é apontado como a solução de longo prazo para alimentar os bilhões de pessoas. A energia nós recebemos do Sol. Ela junto com a água nos permite “gerar solo” para alimentar árvores que vão, em última instância, mudar o clima local, alimentar os animais e reforçar o fluxo de água para nossos lençóis...

Continue reading
Scroll to top